Editorial - Revista Syngenta Digital
Editorial - Revista Syngenta Digital Buscar

Eu me formei na Universidade em 1994. Meu primeiro emprego foi em um escritório. A empresa não tinha, na época, computadores ou telefones celulares. Não tínhamos e-mail, tínhamos que enviar por fax os pedidos dos clientes para o nosso escritório em casa, para que fossem atendidos. A empresa para a qual trabalhei teve muito sucesso. Não precisávamos de tecnologia para administrar uma empresa com sucesso.

Vinte e cinco anos depois, das 10 empresas mais valiosas do mundo, 8 são de tecnologia. É inimaginável administrar uma grande empresa de sucesso que não seja digitalizada.

As empresas investem em tecnologia porque veem como isso as torna produtivas. Na maior parte, a tecnologia simplesmente automatiza o que os humanos já fazem, mas conforme a Inteligência Artificial amadurece, os computadores serão capazes de superar os humanos em muitas tarefas que fazemos hoje.

Vemos tendências semelhantes se formando na agricultura. Estamos nos estágios iniciais da adoção da tecnologia digital na fazenda. Agricultores que procuram maneiras de incorporar tecnologia digital para ajudá-los a administrar seus orçamentos, a acompanhar a propagação de doenças e a ter melhores resultados em seus campos, para maximizar o preço que podem obter por sua safra e navegar por um clima cada vez mais imprevisível.

Os computadores já podem superar os humanos em tarefas simples como dirigir tratores. É uma questão de tempo antes que eles também possam começar a atingir a qualidade de nível humano no diagnóstico do estresse das plantas, na previsão dos estágios de crescimento, na prescrição e, finalmente, na execução do cuidado ideal - planta por planta.

Temos o prazer de compartilhar com você histórias de produtores que estão liderando a adoção de ferramentas digitais para apoiar suas operações. Esperamos que você se inspire na diferença que a incorporação de tecnologia em sua fazenda fez para sua lucratividade, o vigor de sua colheita e seu próprio estilo de vida.